terça-feira, 1 de julho de 2008

Novos projetos musicais

Bom galera. Primeiro queria agradecer pelos quase 100 acessos em apenas cinco dias de blog. Isso prova que tem doido pra tudo nesse mundo.
Como muitos sabem, estou desenvolvendo um projeto para gravar um CD com composições próprias. Sem pretenções artísticas, apenas para mostrar meu trabalho aos mais chegados. A princípio, serão dez canções, em um repertório que inclui blues, rock e MPB. As gravações iniciais começam neste fim de semana.
As cinco primeiras músicas já estão registradas e vou publicando aqui no blog. Em breve as disponibilizo em formato MP3 para quem quiser baixar.
Interessados em gravar alguma composição minha podem entrar em contato pelo e mail lucpalhares@yahoo.com.br
Essa primeira se chama o blues é assim. Precisa dizer algo mais?

O blues é assim

O sino da igreja tocou quando Billy entrou no bar
Todo mundo sacou que alguma coisa ia rolar
Ele pediu uma da boa e o garçom estranhou
Você não é de beber, a garçonete perguntou

Mas é que o blues é assim é matar ou morrer
Um tiro no escuro em frente a tv
Mas é que o blues é assim entre o inferno e o céu
Abraçar o inimigo numa cama de motel


Num canto do bar um casal conversava
Era a noiva do Billy, com um cara da pesada
Ele foi até a mesa e já sabia o que fazer
Naquela terra era assim, atirar ou correr

Eu vi o ódio em seus olhos, na cintura o metal
Foram dois tiros na noite, entre o bem e o mal
E o Billy saiu com a mesma calma que chegou
Deixando sangue no bar e muita história pra depois

Mas é que o blues é assim é matar ou morrer
Um tiro no escuro em frente a tv
Mas é que o blues é assim entre o inferno e o céu
Abraçar o inimigo numa cama de motel

Quando a polícia chegou e viu a cena do crime
Ninguém acreditou que o estrago era do Billy
Ele era um cara legal agora virou bandido
Assim falou o policial o Billy agora é foragido

Eu vi os carros saindo com as luzes acessas
Aquela altura era tarde ele já estava na fronteira
Com sua moto cor da noite e a vingança consumada
O Billy agora era assassino ele era o cara da pesada

Mas é que o blues é assim é matar ou morrer
Um tiro no escuro em frente a tv
Mas é que o blues é assim entre o inferno e o céu
Abraçar o inimigo numa cama de motel

Ele mudou de cidade mas nunca pode evitar
Muitos demônios na cabeça e histórias pra contar
Mas é que o blues é assim é matar ou morrer
Dois tiros num bar, era ele ou você, Billy

2 comentários:

marden disse...

Com o Palhares só podia ser assim! hahaha
Muito massa o blues, camarada! E nem vem com história, tô entre as participações especiais desse cd aí!
E por falar nisso, qual o nome do rebento?
Querendo a gente bola a capa aqui, junto!
abraço

"é que o blues é assim" hahaha

danúbia disse...

putz! bacana isso...

mais a coisa é essa mesma...
tentar, tentar e tentar...
Se não der... a gente tanta outra coisa.

aguardando o lançamento.

bj e tbreve.